Soja: identificando a maturidade fisiológica

Para identificar a maturidade fisiológica na cultura da soja é necessário observar todas as características agronômicas da planta. Preparei um conteúdo para te ajudar a entender as diferenças entre os estádios fisiológicos desta cultura tão importante para o agronegócio brasileiro.

Repare a variabilidade da maturação em uma mesma planta. Contemplando todas as fases fisiológicas, da mais prematura até o R.8, estádio seguinte a maturidade da planta.

O estágio de maturidade fisiológica ocorre no R. 7.3:

O estágio R. 7. 0 é caracterizado pela ligação total dos legumes a planta, podendo tender ao desligamento, principalmente no terço inferior:

Para a planta estar no estágio R. 7. 1 ela precisa apresentar ao menos um legume com as sementes desligadas, representando um avanço na maturidade fisiológica:

No estágio R 7. 2 é possível observar mais de 76% das folhas e vagens amareladas:

O estádio R 7. 3 é a maturidade fisiológica da planta em que mais de 98% grãos estão desligados dos legumes. Melhor momento para realizar a dessecação na cultura:

Estágio intermediário entre o R. 7. 3 e o R. 8:

No estágio R.8 as raízes e nódulos se encontram em processo de decomposição: 

Gostou deste conteúdo? Compartilhe este post com os seus amigos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: